top of page

Manta líquida, o que não te contaram sobre esse sistema de impermeabilização.



A impermeabilização com membrana líquida é uma técnica eficaz para proteger estruturas contra infiltrações de água. Esse sistema consiste na aplicação de uma camada líquida, geralmente à base de polímeros, que forma uma película contínua e impermeável sobre a superfície a ser protegida. Os benefícios desse método são diversos:


  1. Impermeabilização eficaz: A membrana líquida cria uma barreira resistente à água, impedindo infiltrações e protegendo a estrutura contra danos causados pela umidade.

  2. Flexibilidade: Essas membranas se adaptam facilmente a diferentes tipos de superfícies, incluindo lajes, telhados, piscinas, entre outros, acompanhando possíveis movimentações estruturais sem comprometer sua eficácia.

  3. Durabilidade: Quando aplicada corretamente e em conformidade com as normas, a impermeabilização com membrana líquida pode oferecer uma proteção duradoura, prolongando a vida útil da estrutura.

A norma técnica que rege o sistema de impermeabilização com membrana líquida no Brasil é a ABNT NBR 15575-5, que estabelece requisitos e procedimentos para garantir a eficiência e a segurança desse tipo de aplicação.


No entanto, é importante ressaltar que aplicar a membrana líquida de maneira inadequada pode acarretar sérios prejuízos. Quando feita incorretamente, a impermeabilização pode resultar em infiltrações, comprometendo a estrutura da edificação e causando danos como mofo, corrosão de armaduras, deterioração de revestimentos, entre outros problemas.


Por isso, é fundamental contar com profissionais qualificados e seguir as recomendações da norma técnica durante todo o processo de impermeabilização. Investir em uma boa impermeabilização desde o início da obra pode evitar gastos desnecessários com reparos e manutenções futuras.





A norma técnica que rege o sistema de impermeabilização com membrana líquida no Brasil é a NBR 13321. Esta norma estabelece os requisitos e procedimentos para garantir a eficácia e a durabilidade desse tipo de aplicação.


É importante ressaltar que existem diversos tipos de membranas acrílicas disponíveis no mercado, variando de acordo com o teor de concentração de polímeros. Essa variação determina em quais áreas específicas elas podem ser aplicadas com eficiência.


Além disso, de acordo com a norma, a regularização mínima para a aplicação da membrana líquida é de 2%, garantindo uma superfície adequada para aderência e desempenho. Também é relevante destacar que, segundo a norma, a membrana pode absorver até 15% de umidade, o que ressalta a importância de garantir um bom caimento para evitar acúmulo de água e possíveis infiltrações e desplacamento da camada de impermeabilização, como na imagem abaixo.





Assim, ao escolher o tipo de membrana líquida a ser utilizada, é essencial considerar esses aspectos técnicos para garantir uma impermeabilização eficaz e duradoura.


Assista a aula que nosso engenheiro civil, Paulo Victor Carneiro, fez através do Instagram: @conimper.eng, toda terça feira, confira ao vivo.


Para mais informações sobre como escolher corretamente uma boa impermeabilização e evitar prejuízos em sua obra, confira meu eBook:


Como escolher uma boa Impermeabilização.



. Não deixe que problemas de impermeabilização comprometam a qualidade e a durabilidade da sua construção.


Comente qual assunto você tem interesse?

26 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page